domingo, 3 de outubro de 2010

Agora

A felicidade fala baixinho e a tristeza, grita. È muito fácil se entregar à tristeza, temos motivos de sobra pra isso. Na verdade, acredito que precisamos passar um tempo com ela, em 'banho-maria'. Mas chega uma hora que basta! Se a perfeição é impossível, temos de nos acostumar com as imperfeições que formam o real, o palpável. Não estou dizendo que temos a obrigação de estar a todo momento com um grande sorriso nos lábios. Mas também, não podemos nos afogar no lago de tristezas que cultivamos no 'quintal da nossa alma'. Não podemos pintar o nosso mundo de cinza e construir grandes e fortes muros onde ninguém possa entrar, para evitar o sofrimento. Precisamos dos nossos momentos de tristeza, mas que sejam só momentos. Não podemos deixar se tornar uma constante em nossa vida. A felicidade é um garota difícil, rapaz. Mas com um pouco de charme, paciência e dedicação ela vem. Talvez, ela só esteja esperando a hora certa, em que você esteja preparado para recebê-la.

4 comentários:

  1. Querido...Essa sensibilidade é linda! A FELICIDADE nem sempre é alegria, e nem TRISTEZA é sempre sofrimento. Ambos sentimentos... são essenciais para o ser humano ^^,

    http://dmulekiitah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. liindo *-*
    tão verdade, temos que aceitar não só a felicidade e sim tb a solidão;

    ResponderExcluir
  3. Quando o sentimento é demais ele come as palavras.

    Passei para dizer q gostei dessa frase q vc colocou em outro Blog.

    ResponderExcluir
  4. acredito que o problema das pessoas seja justamente esse, mania de perfeição, ansiedade, desespero em querer as coisas sempre em "tons de azul". Ser feliz está na moda, mas ninguém realmente é.

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e comentário. Que possamos redescobrir sempre, e sempre juntos, muitas coisas boas!