domingo, 26 de dezembro de 2010

E no Natal...

O Natal costumava ser uma época de, no mínimo, muita alegria aqui em casa. Toda familia se reunia na casa da minha avó e comíamos, ríamos, brigávamos, trocávamos presentes etc, etc. Há dois anos minha avó morreu e, como um castelo de cartas depois de um sopro, a familia desmoronou. Acredito que ela era o elo que conseguia unir todo mundo. E foi crescendo uma nuvem cinza sobre as luzinhas de natal que nem existiam mais. Não sei o que pensar, mas, desde então o natal nunca mais foi o mesmo. É difícil pra mim "ter que ser feliz" no Natal. Mas afinal, todos somos grandes atores na vida real, não é?! Eu prefiro chorar pra dentro, preciso ser forte. Tem gente que ainda precisa de mim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e comentário. Que possamos redescobrir sempre, e sempre juntos, muitas coisas boas!