segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Eu decidi

Odeio fazer escolhas, sempre que você escolhe uma coisa, conseqüentemente, deixa outra. Assim, às vezes, fico parado por covardia de escolher algo. Hoje decidi que vou decidir. O primeiro passo foi tão difícil, mas o outro já nem tanto. Resolvi decidir muitas coisas que estavam pendentes e quase enferrujando dentro do meu coração. A primeira coisa que decidi é não fazer minha felicidade dependente de outro alguém. Decidi me amar primeiro, pra depois pensar se quero amar outro coração junto com o meu.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Antes de dormir

Fecho os olhos e imagino um dia bom. Peço a Deus que o  faça real. E como se atendesse a minha prece, eu ouço Ele dizer: "dorme em paz, meu filho, Eu estou sempre com você!".

É muito bom ter essa confiança.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Ultima folha do caderno

Hoje me despeço da tristeza e da solidão que vêm me assombrando a tanto tempo. Me despeço das lágrimas, do medo de ser feliz. Porque eu simplesmente decidi ser tudo o que eu sempre sonhei: completo! Estou pintando um dia colorido com sol dourado, ou talvez, com chuva cristalina. O importante é que decidi ser feliz apesar de.
Tudo pode tomar uma perspectiva tão maravilhosa quando se resolve aceitar a vida com alegria! Eu quero pés no chão, banho de chuva, praia e luar. E se não tiver tudo isso, eu invento. Hoje, eu descobri que a gente mesmo fica se aterrorizando com algumas feridas que parecem tão visíveis, mas que na verdade, são transparentes aos olhos dos outros. Estou mudando de vida...

sábado, 1 de janeiro de 2011

Feliz Ano Novo

Não. Eu não vim aqui deixar mais uma mensagem fúnebre ou triste. Afinal, no ano novo todo mundo finge que foi feliz o ano todo e que vai ser outra vez. Mas, eu gostaria mesmo de dizer que eu espero que em 2011 não haja luta sem crescimento, nem lágrima sem aprendizado. Afinal de contas, quando uma porta se fecha, temos de abrir as janelas. Muito obrigado por quem esteve aqui, lendo, revivendo, se emocionando ou não. Um grande abraço!