sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Vazio

Às vezes, é exatamente assim que me sinto, completamente vazio. Vazio de amor, vazio de alegria, de vida. Me sinto tão apagado, eu sempre caio tão depressa. Sinto, às vezes que o amor e todas as suas delícias se esqueceram de mim, esqueceram que eu também queria conhecê-los. Às vezes tenho medo da solidão, embora, seja ela minha mais fiel companhia. Às vezes, só às vezes...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e comentário. Que possamos redescobrir sempre, e sempre juntos, muitas coisas boas!