sexta-feira, 15 de julho de 2011

Vômito

Vão dizer que você não é homem quando virem o que você escreve. Falam das suas roupas, do seu cabelo e até do jeito que você anda. Vão rir de você se souberem que você chora escondido à noite. Ainda mais quando souberem que você tem medos. Tantos medos e tão monstruosos que às vezes te impedem de fazer qualquer coisa. E vão dizer mais ainda se souberem que você é inseguro. Sabe, dizem que "homem de verdade" é isso ou aquilo e até hoje eu sinceramente não sei bem sobre o que é ser "homem de verdade". Eu apenas sou, de mentira ou de verdade, eu sou. Sempre estampei uma personalidade forte de quem não se importa sobre o que os outros pensam e sempre tentei agir assim. Mas chega uma hora que cansa. Chega uma hora em que você se sente esmagado quando vê certas coisas, ouve certas coisas. Coisas do tipo que eu nem sei explicar direito. Só sei que doem, numa intensidade dilaceradora. Hoje, como em muitos outros dias eu fiquei com vontade de vomitar. Qual o problema em sentir? O sentimento, as lágrimas, o amor... afetam em quê a masculinidade ou feminilidade de alguém? Homens só podem sentir desejo sexual pelas mulheres? Eu me recuso ser mais um desses escrotos por tanto tempo a troco de que? Se é deles que elas gostam, eu não sei o que eu estou fazendo aqui. Eu já perdi completamente o controle, não estou sabendo lidar com essa falta de amor próprio das pessoas, com a falta de critério. Você não pode ficar sozinha por um tempo, pra poder assimilar a vida com mais maturidade, com mais verdade, com mais intensidade? Você tem que estar sempre com alguém a qualquer custo? E ainda mais, qualquer idiota que aparecer pela frente serve? Será que você não percebe que eles só querem usar você? Eu não sei ser desse jeito e nem suporto ver pessoas que eu gosto sendo usadas. Me desculpem, homens, mas eu me recuso a ter que um dia me submeter aos "rituais" que vocês impõem. Eu tenho nojo de imaginar essa vida sexual completamente descontrolada, "qualquer uma serve". E o pior de tudo, pra mim, são as mulheres que se submetem a isso. Elas merecem mais.
Hoje, eu cansei! Cansei de ser a excessão, de dar murro em ponta de faca. Cansei de usar meu bom senso com quem não anda merecendo. Cansei do mundo, das pessoas e desse pesamento medíocre que domina. É sujeira demais!

3 comentários:

  1. Abomino completamente os homens que são iguais a maioria dos outros homens. Como você escreveu, são as mulheres que se submetem a serem usadas - infelizmente, também maioria. O que eu admiro são os homens que sentem e não têm medo de demonstrar isso. E como as mulheres acham que não podem mudar a natureza do homem, se deixam serem usadas - coisa que abomino nelas. A meu ver a maioria dos homens são estúpidos e escrotos, por isso que prefiro "ficar sozinha por um tempo, assimilando a vida com mais maturidade, verdade e intensidade" não superficial.

    Interessantíssimo o seu texto.

    ResponderExcluir
  2. você está certo. hoje as pessoas em geral se submetem a tudo em nome de um "amor" que elas nem mesmo sabem o significado. é um desespero para ter alguém , a qualquer custo. odeio as mulheres que dizem ser usadas pelos homens, elas simplesmente se deixam usar e depois fingem uma incocência burra. o mais importante na vida é o compromisso com você mesmo, seja o que você é e sente!

    ResponderExcluir
  3. Você disse tudo. Existe preconceito contra tudo hoje. Homem só porque é homem tem de ser durão? Não.

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e comentário. Que possamos redescobrir sempre, e sempre juntos, muitas coisas boas!